quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Samurai Shodown (Mega Drive)


     Olá amigos! Ao ler o título vocês devem pensar que se trata de um game de corrida no estilo Mario Kart, com uma pitada de Need for Speed e Nascar, não é? Mas estão enganados! Isso se trata de um game de LUTA!! HAHAHA, não esperava por essa, não é?! XD
     Samurai Shodown é uma famosa (mas nem tanto) série de games de luta da SNK. O primeiro game da série foi lançado em 1993 para o sistema de arcades Neo Geo, da SNK, para Super Nintendo e para Mega Drive. E é esse game que será analisado agora aqui no Point:

O JOGO
     Samurai Shodown tem diferenciais que o diferenciam (não diga!) dos demais games de luta, sejam da própria SNK, da Capcom ou da Midway. A mais notável delas com certeza é a presença de armas. Cada personagem tem sua arma, que vão desde meras espadas, até correntes, garras, lanças e muito mais. Isso faz com que boa parte do elenco, não sejam precisamente samurais, mas guerreiros da época do Japão Feudal.
O grande vilão: Amakusa
o travesti do século XVIII
     A história do game ambienta-se no século XVIII, quando um demônio chamado Ambrosia ressuscita Amakusa, um feiticeiro (sim, Amakusa é homem). Eles firmam um pacto no qual Amakusa, que foi trazido de volta à vida, deve arranjar uma forma de trazer o demônio Ambrosia para o nosso mundo, já que ele não pode vir por conta própria. Eis que Haohmaru, Nakoruru e os outros personagens se juntam para deter esta terrível ameaça.
     O jogo é de luta no estilo tradicional, bater no oponente até que seu life esgote. Isso em meio a golpes com armas, ataques mágicos e até jutsus (os famosos ataques do desenho do Naruto), como Substituição (Kawarimi no Jutsu), Shuriken das Sombras (Kage Shuriken no Jutsu) e outros. Cada personagem tem habilidades próprias e uma grande quantidade de ataques, com alcance pequeno, médio ou grande, que causam pouco, médio ou bastante dano, e que às vezes jogam o oponente para pouco ou muito longe.
     Outra característica é a forma de como se enche a barra de energia, que fica na parte inferior da tela. Para enchê-la e assim, poder mandar especiais, é preciso apanhar. Sim, quanto mais você apanha, mas energia você ganha. E conforme vão apanhando, os personagens vão ficando vermelhos, quanto mais vermelhos, mais poder eles têm e assim, mais magias eles podem usar.
     Esteticamente, os personagens também são bastante diferentes entre si. Temos samurais, demônios, esgrimas, ninjas e até brutamontes grandes e gordos, assim dando uma boa variedade de lutadores ao game.
A versão de Mega Drive não tem Earthquake,
então, fica com um personagem a menos
Os personagens do jogo são: Haohmaru (samurai), Ukyo (espadachim), Charlotte (esgrima), Tam Tam (uma espécie de índio guerreiro), Earthquake (um brutamonte gigante), Nakoruru (uma guerreira que usa uma adaga como arma e tem o auxílio de seu falcão) Wan-Fu (outro brutamonte) Jubei (lutador de Nitouryu, a arte da luta com duas espadas), Hanzo (ninja), Kyoshiro (usuário de uma lança), Gen-An (um demônio que usa uma garra de metal) e Galford (ninja semelhante a Hanzo, mas que tem o auxílio de um cão). Todos juntos somam 12 personagens nas versões de Neo Geo e Super Nintendo, e 11 na versão de Mega Drive (que não tem o Earthquake, então fica com um a menos).
     Samurai Shodown também foi o primeiro game de luta a trazer personagens acompanhados de animais, como Galford, com seu cão, e Nakoruru, com seu falcão. Essa foi uma grande novidade nos games de luta e é usada até hoje em vários títulos do gênero, mas o responsável por "dar a luz" a esse quesito foi Samurai Shodown.
O símbolo do dedo pressionando o botão
aparece quando um Duel inicia, e indica que
você deve ficar pressionando o botão de ação
para desarmar o oponente
     Outra novidade do game são os momentos de desarmar o oponente. Não sei se existe um nome específico para eles, mas eu os chamo de "Duels" (tá, Duels na verdade são os rounds, mas eu chamo essas partes de Duels também). Quando dois personagens usam exatamente o mesmo ataque ao mesmo tempo, eles entram em um Duel, que é quando ambos ficam empurrando um ao outro com as armas, e aquele que conseguir empurrar por mais tempo desarma o oponente. Enquanto os personagens estiverem num Duel, você deve pressionar repetida, rápida e continuamente um dos botões de ação, para que seu personagem empurre o adversário. Conseguindo empurrar por bastante tempo, o oponente é jogado pra trás e sua arma sai voando pelo cenário e cai no chão. O oponente fica desarmado e tem que lutar com os punhos, mas pode pegar a arma de volta. Não só o oponente, mas o jogador também. Além disso, há vezes em que ambos ficam desarmados ou mesmo que ninguém perde a arma.
     O jogo possui vários efeitos tanto gráficos quanto sonoros, o que o enriquece mais ainda. Por exemplo, conforme os personagens estão próximos ou distantes, ocorre um efeito de zoom na tela. Se os personagens se aproximam, a câmera fica bem próxima também, e se eles se distanciam, a câmera filma mais de longe. Tal efeito só ocorre na versão original, do arcade Neo Geo, pois no SNES a câmera só filma de longe e no Mega Drive ela só filma de perto, não importa a distância que os personagens estejam um do outro. Tem também um efeito de slowdown quando um golpe bastante poderoso é aplicado. Se um personagem usar um golpe bastante forte no oponente, ocorrerá um slowdown para mostrar o quão forte foi aquele ataque. Um efeito bem legal de se ver. Além disso, ataques muito fortes fazem o sangue jorrar pela tela. Não é aquela coisa insana à lá Mortal Kombat, mas como os personagens usam armas cortantes, é óbvio que o sangue marca presença no game. Os sons das armas e dos golpes também são bem realistas, parecem até de verdade, tal como os barulhinhos de fundo dos cenários, como vento, folhas, etc. Poucos jogos tem efeitos tão realistas assim.
Charlotte cortando um bambu ao meio,
mostrando aos visitantes do Point um pouco
da interatividade de Samurai Shodown
     Falando nos cenários, eles são bem legais e até interativos. O game tem desde florestas de bambu e templos (cenários japoneses típicos) até docas de navio e vilas no meio da neve. E a interatividade fica por conta dos objetos do cenário, como barris, árvores, lustres e outros, que podem ser quebrados e soltarem objetos que dão pontos ao jogador. Todos os cenários foram muito bem desenhados, um bom trabalho da SNK.
     O game também tem fases bônus, que aparecem às vezes. Nessas fases, seu objetivo é acertar um determinado número de bonecos de palha. Você tem um determinado tempo para acertar um número X de bonecos. Só concluindo os bônus com êxito é possível atingir a pontuação máxima do game.
Esta é a comemoração do
personagem ao vencer um round.
A versão do Mega Drive não
apresenta essas comemorações,
apenas uma comemoração com o
sprite de vitória padrão do
personagem.
     Por fim, quando cada luta acaba, vemos uma tela de comemoração com uma pose do personagem vencedor, seguido de uma frase de "eu ganhei e você perdeu porque é fraco e blá blá blá" à lá Street Fighter. E ao zerar o jogo, você pode ver o final do seu personagem, sendo que cada personagem tem um final diferente.

THE END
Prós: Gráficos, efeitos sonoros, personagens diversificados, combos e ataques especiais fáceis de fazer.
Contras: Versão de SNES ficou lenta e a de Mega Drive ficou com um lutador a menos.
Considerações finais: Um dos melhores games de luta que já vi. Um clássico que vale muito a pena, ganha o selo RECOMENDADO do Point Games Brasil.

6 comentários:

  1. Mega Drive não possui as comemorações no final das batalhas.
    Como? tem comemoração!

    ResponderExcluir
  2. José, me refiro às comemorações com uma espécie de "cutscene parada" no fim do último round. O mega só tem a pose padrão do personagem, feita com sprites, já o SNES e o Neo Geo tem uma espécie de cutscene. Vou adicionar uma screenshot extra na review pra mostrar melhor.

    ResponderExcluir
  3. como assim uma série nem tão famosa .... samurai 1 ganhou o premio de melhor jogo do ano em 1993 cara !!!

    ResponderExcluir
  4. sabe algum site que tenha os golpes desse game?to procurando mas nunca acho..se tiver posta aew vlws

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tambem to procurando mas so acho uma coisa ou outra nada completo, incluindo como usas o POW que nunca soube.

      Excluir

O Point Games Brasil é um lugar para troca de ideias! Eu dou as minhas por meio dos posts, e você, por meio dos comentários. Sua opinião é muito importante, mas tenha maturidade e responsabilidade para expressá-la. Comentários maldosos, com mimimi ou xingando todo mundo não serão permitidos, portanto não seja um troll. Faça sua parte para manter a internet um lugar saudável a todos. Promova discussões e debates, critique, elogie, opine! Mas sempre com educação e respeito.