sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Mortal Kombat Armageddon (PS2)

Também disponível para Nintendo Wii.
     Olá amigos! A review de hoje será de um dos melhores games de luta do PlayStation 2, Mortal Kombat Armageddon.
     Mortal Kombat Armageddon foi o último game da série para os consoles da geração PlayStation 2/Game Cube/Xbox. O objetivo do game era despedir-se dessa geração com grande estilo, com chave de ouro, com um belíssimo game. Conseguiram.
O JOGO
     Mortal Kombat Armageddon tem esse nome pois reúne todos os personagens que apareceram nos games da série. São ao todo 62 personagens para se escolher, sendo que desses, dois fazem sua estréia nesse game, ou seja, são novos. Já o resto conhecemos de outros carnavais. Para lhe poupar de ter que ler um por um os nomes dos personagens presentes, dá uma chegada na imagem ao lado! Além disso, cada personagem tem direito a uma infinidade de golpes, todos dentro de um estilo de luta, que vai desde os conhecidos Judô e Tae Kwon Do até o Hapkido e Shotokan, estilos não tão conhecidos do mundo real mas bem familiares da série. Os lutadores também contam com armas, cada qual com sua arma: elas vão desde espadinhas medíocres até martelos gigantes e que te quebram em dois. Em qualquer momento da luta, você pode apertar o botão L1 para que o personagem alterne entre o estilo de luta (onde ele combate com socos, chutes, etc.) e a arma, assim dando uma variedade ainda maior de golpes.
     Uma das coisas mais legais do game, com certeza, é o modo Konquest. No Konquest você passará por fases, sim isso mesmo, fases, cheias de inimigos, armadilhas, itens e outros. No Konquest você comanda Taven, um dos personagens secretos do Arcade (o modo das lutas). Com Taven você passará por vários lugares no melhor estilo "jogo de aventura", e confrontará vários inimigos no meio do caminho. As fases não são de exploração, ou seja, você não terá que voltar trocentas vezes no mesmo lugar para progredir no game. São fases do velho jeito que estamos acostumados: "Começa no começo, termina no final". Elas possuem um caminho principal para ser seguido e de vez em quando, alguns caminhos secundários ou atalhos. Nesses caminhos você enfrenta os inimigos que aparecem, pega itens, abre portas e cruza com outros personagens do game, com os quais você tem que lutar.
Eles são os chefes do Konquest, os quais são enfrentados no estilo normal de luta, assim saindo da mecânica de aventura das fases. Os chefes são os próprios lutadores, mas você não terá que entrentar todos os outros 61, só alguns, a metade, vamos dizer. Além disso, você também terá de coletar os itens do Konquest, que vão para um inventário acessado apertando L2 durante as fases. Esses itens são pertences dos outros personagens, como por exemplo, os léques da Kitana, as garras do Baraka, as Shurikens do Noob Saibot, entre outros. Eles não servem para nada, ou seja, não lhe dão poderes especiais nem nada parecido. Servem apenas para ir para o inventário, e a cada dez deles, você destrava algo secreto do jogo, como um personagem secreto, por exemplo. Taven, que é um dos secretos do Arcade, fica disponível lá dessa maneira.
     A jogabilidade do game é, digamos, aceitável. Ela é um pouco lenta, e algumas vezes os botões demoram um pouco para responder. Não é sempre, mas algumas vezes sim. É questão de pegar prática, ou seja, você terá que jogar mais do que o normal para aprender bem as manhas. Também podemos notar um pouco de "falta de sensibilidade" no modo Konquest. Ao se aventurar pelas fases de aventura dessa modalidade, notamos que falta um pouco de sensibilidade por parte dos movimentos do personagem. Taven sempre corre como um louco (e olha que eu sempre reclamo de personagens que vão muito devagar, então, pra eu dizer que o personagem está indo muito rápido, tem que ser muito rápido MESMO). A movimentação pelo cenário também é bem limitada, o personagem fica preso apenas na estrada da fase, não pode subir um moro, num degrau mais alto, NADA, fica preso ao caminho básico. Os comandos do Konquest também são meio "atordoantes" para o jogador. Muitas vezes os golpes, em vez de acertarem o inimigo, "raspam" nele ou acertam o nada. Mas como eu disse, pegando prática, podemos reduzir a frequência com que isso acontece. Reduzir, não erradicar totalmente, infelizmente.
     Por outro lado, os cenários do game são legais e bastante interativos. Você pode quebrar partes do cenário e até jogar seu adversário (ou ser jogado por ele) numa armadilha, como uma trilha de trem por onde o mesmo passa e atropela quem lá está, ou um rio de lava, para que o corpo de que foi jogado lá seja deretido. O legal é que você pode fazer isso a qualquer momento da luta, não precisa ser só na hora do finisher. Ou seja, se você conseguir, por exemplo, jogar seu adversário na trilha do trem logo no início da luta, já estará com ela ganha! Além disso, os cenários são divididos em várias partes e às vezes até em vários andares. Quando você e seu adversário aplicam golpes muito fortes um no outro, a ponto de que quem recebeu o golpe seja lançado para trás, ao colidir com a parede é possível que ela se quebre dando origem a uma nova área. Isso torna os cenários ainda mais divertidos!
     Na parte técnica, o game peca um pouco. Os gráficos são medianos, em alguns casos, até podemos comparar o jogo com algum Mortal Kombat de PS1. Os cenários são até bem feitos, com cores vivas em tons bacanas. Mas os personagens é que estão feios. Eles parecem meio que robotizados, e são todos "quadrados", não são tão bonitos assim de se olhar. Engraçado, pois nas CGs do game, temos praticamente uma obra de PlayStation 3 na nossa TV, digo isso porque as CGs são muito bem feitas gráfica e sonoramente. São quase mini filmes. Mas nas cutscenes "in game" o jogo peca. Os gráficos não são até tão feios quando estamos realmente jogando, mas nas cutscenes que passam quando se acessa uma nova área, por exemplo, vemos que foi um trabalho um pouco mal feito.
SISTEMA DE PERFIS
     Antes de começar a jogar Mortal Kombat Armageddon, é importantíssimo que você crie seu perfil. Não se trata de nada online, muito pelo contrário, você e o próprio jogo precisarão dele. Mesmo sem ter um perfil, é possível jogar no Arcade e no Versus. Porém, o Konquest, o The Krypt, o Motor Kombat e outros só são acessíveis se você tiver um perfil. Ao lutar no Arcade, por exemplo, se você ganhar uma luta e não tiver um perfil, nada acontecerá. Já tendo um perfil, a cada batalha vencida você ganha dinheiro, que pode ser usado no The Krypt, que também só é acessível com perfil. Para criar um perfil, vá em "Kreate A Profile", no menu principal. Na criação do perfil, você fará uma senha. Então, sempre que você começar a jogar, aperte L1 no menu principal e digite a senha. Aí sim o perfil estará ativado, pois ele não se ativa sozinho ao ligar o jogo.
MOTOR KOMBAT
     O Motor Kombat é uma espécie de paródia do Mario Kart com alguns personagens do Mortal Kombat Armageddon. No Motor Kombat, você pode correr por diversos circuitos que nada mais são do que remakes das arenas de luta. Os personagens também podem pegar turbos, usar seus ataque especial (cada personagem tem o seu) além de claro, ganhar dinheiro. O Motor Kombat é bem divertido e nele, podemos jogar com Sub-Zero, Scorpion, Jax, Bo' Rai Cho, Raiden, Johnny Cage, Baraka, Cyrax, Kitana e Mileena. As pistas são Lin Kuei Raceway, Botan Jungle, The Lost Pyramid, Outworld Refinery e Bo' Rai Cho Brewery.
KREATE A FIGHTER
     No Kreate A Fighter, você pode criar seu próprio lutador, com as características, estilo de luta, arma e golpes que você desejar. Claro que, no começo, não há muito o que adicionar ao seu personagem, pois é preciso comprar a maioria das características, apetrechos, vestimentas. Mas aos poucos, você pode fazer um super lutador! Na tela de seleção de personagens, o lutador que você criou fica no ícone do homem de cara azul ou vermelha, nas laterais do menu.
THE KRYPT
     The Krypt é um menu com uma infinidade de extras a serem destravados. No The Krypt, você usa o dinheiro ganho durante as batalhas e o Konquest para comprar extras, como músicas, vídeos, roupas alternativas para os personagens, concept arts, entre outros. Além dos extras "compráveis", também tem aqueles que são destraváveis, ou seja, que só podem ser abertos se conquistados no Konquest, por exemplo. Além disso, também há um espaço com um "?", onde você pode inserir códigos para abrir extras que originalmente só estariam acessíveis se comprados ou conquistados. Não se trata de cheat codes, esse é um recurso do próprio jogo, porém, não há como descobrir os códigos no próprio game, apenas procurando na internet.
THE END
Prós: Juntou todos os personagens de Mortal Kombat e ainda criou dois novos, assim, tendo uma não só grande, mas IMENSA variedade de lutadores para escolher; Modo The Krypt e Kreate a Fighter (isso mesmo, com K) são bastante divertidos e aumentam o replay do game; CGs muito bem feitas dignas de PlayStation 3, incluindo a de abertura, que merece uma salva de palmas; Cenários interativos e bons graficamente.
Contras: Jogabilidade do modo Konquest consegue realizar a incrível façanha de ser escorregadia e dura ao mesmo tempo. Personagens muito robóticos nas cutscenes "in game", além de serem mal trabalhados visualmente, às vezes ficando até quadrados.
Considerações finais: Em suma, é um game que vale a pena tanto para os fãs da série quanto para quem não curte muito o estilo. Possui alguns defeitos, mas com prática podemos reduzí-los um pouco. Apesar de pecar em alguns quesitos, Mortal Kombat Armageddon pode embelezar e muito a estante de qualquer gamer que se preze.

14 Comentários:

  1. Excelente dica, Willi. Jogo muito bom. Viciante e divertido.

    Ótimo mesmo.

    Só gostaria que pudessemos jogar o modo Konquest com os outros personagens. Seria bem legal.

    ResponderExcluir
  2. um dia eu joguei tanto que minha cabeça ficou doendo mas valeu apena pois tenho a minha conta super foda pois dourmo 4 horas da madrugada o resto do dia e so jogando

    ResponderExcluir
  3. Respostas
    1. comoe asenha domortal armagedom
      komkeste

      Excluir
  4. auguem sabe como deixar o perssonagem do modo criat com quatro brasso

    ResponderExcluir
  5. eu ja destravei todos no item de criar mas masmo assim o jogo nao perde a graça e seu vicio

    ResponderExcluir
  6. Como eu escolho o cenario para os combats contra o pc?

    ResponderExcluir
  7. Bom galera,venho informar que possivelmente aqueles q não lembram mas da senha do profile do Mortal Kombat Armageddon, ai vai a dica tente quadrado,triangulo,x,L1,R1,triangulo...boa sorte.

    ResponderExcluir
  8. dá pra ativar dois perfis e jogar no versus?

    ResponderExcluir

Agradecemos pelo comentário, são os comentários dos leitores que ajudam o blog a crescer! Só não use palavras de baixo calão, para assim ajudar a manter o blog limpo e com um ambiente melhor para todos!