domingo, 20 de junho de 2010

Metal Slug X (PS1)


     Apesar do sucesso dos Arcades de luta, Metal Slug sempre foi uma das séries mais bem sucedidas do ramo. O estilo “corre e atira” misturado ao fato de se estar jogando num Arcade, contribuíram para o sucesso da série. Sucesso o qual, infelizmente, só foi obtido nos Arcades, e não no console Neo Geo, a fracassada tentativa da SNK (criadora do game e do console) de ter um videogame que competisse com os gigantes Super Nintendo e Mega Drive.
     Pensando nisso, a empresa decidiu criar uma adaptação de Metal Slug 2, um dos melhores e mais bem sucedidos games da série, para o Playstation, console que já havia emplacado desde a estreia, e que com certeza renderia um bom sucesso para e empresa e também para o game. Assim nascia Metal Slug X.


O JOGO
     Como já dito, Metal Slug X é um remake do game Metal Slug 2 para arcades e Neo Geo. O game é no estilo corre e atira, onde a mecânica é simples e consiste em ir correndo e destruindo qualquer coisa que se mover que não for seu personagem, na base de chumbo e balas! Porém, ele possui uma vantagem sobre qualquer outro game do mesmo estilo: você pode morrer mil vezes, mas nunca verá a tela de game over na sua frente. Isto porque, o game possui continues infinitos! Também pudera, pois a maioria dos inimigos e chefes são praticamente invencíveis. Todos possuem 10 vezes mais poder do que o seu personagem, e mais os inimigos que os ajudam. E você? Você sempre estará SOZINHO ou junto do personagem que o segundo jogador comanda. Porém, como todo gamer sabe, o segundo jogador nunca faz muita diferença! (hehehe)
     Mas vamos à história: O game é protagonizado pelos 4 soldados do esquadrão Pilgrin Halk: Marco, Tarma, Eri e Fio. No Metal Slug 1, Marco e Tarma venceram o General Mordem, que tentava dominar o mundo. Agora, em Metal Slug 2/Metal Slug X, o general regressa, e decide unir forças com aliens para alcançar seu objetivo. Será que o esquadrão poderá detê-lo? Depende de você.
     Metal Slug X possui uma grande variedade de tipos de tiro, ou seja, você não ficará atirando a mesma bolinha amarela o jogo inteiro, como é o caso de MegaMan. Aliás, o tiro nem é uma bolinha, mas sim uma “balinha” mesmo. Os tiros são adquiridos ao coletar esferas com letras dentro. Cada letra concede ao personagem um tipo de tiro diferente. E além disso, na primeira vida de cada continue você começa com um tiro “melhorzinho”, em vez do tradicional tirinho simples. Mas tem um detalhe: não pense que você poderá ficar esbanjando tiros pra todo lado a todo tempo. Muito pelo contrário! Cada tiro, exceto o normal, possui um determinado número de munição. Quanto mais poderoso o tiro, menos munição. Quando esta munição acabar, você volta para o tiro normal, que é o único tiro infinito do jogo. Porém, tipos de tiro é o que não falta. As munições vão desde simples balas até mísseis que perseguem o inimigo! Além das granadas, a única munição do jogo que não é um tiro. A cada vida você tem 5 delas, e se morrer e não tiver gasto todas, elas irão acumular para a próxima vida. Ou seja: quando o chefe for foda demais, dá-le granada nele!
     Outra novidade que Metal Slug X trás para seus players é a possibilidade de usar veículos de guerra durante as fases, não se limitando apenas aos tiros e às armas. Há vários tipos de veículos: tanques de guerra, jipes com canhões e todo tipo de “veículo sobre rodas com atiradores”.
     Além dos veículos, tem também os reféns dos bandidos. Eles ficam amarrados em alguns lugares das fases, e quando libertados (basta se aproximar e apertar o botão de tiro para soltá-los), eles podem te dar uma esfera com um tipo diferente de tiro, e, em certos casos, até lançar um "Hadouken" nos inimigos. Maneiro né? Mas saiba que eles não farão isso automaticamente, apenas se você libertá-los e for falar com eles depois (se os inimigos não te matarem até lá).
     Os gráficos do jogo são simplesmente 10! Na minha opinião, é um dos jogos 2D com gráficos mais bonitos em toda história! Você se aventurará por cenários muito, muito bem desenhados e bastante coloridos também. Os cenários ao ar livre contam com uma grande variedade de cores, já os cenários internos possuem sempre uma cor predominante, e vários tons dela espalhados pela fase em detalhes quase imperceptíveis. Além disso, vale citar as expressões faciais dos inimigos, todas muito engraçadas e no melhor estilo anime. Marca registrada da série! Quanto às músicas e sons, não há nada do que se reclamar! As músicas são viciantes e fazem o jogador se sentir realmente dentro do jogo. Não são apenas músicas que combinam com a fase, mas músicas que combinam com o jogador também, isto é, não tem como dizer que as músicas são ruins, pois qualquer surdo pode viciar nelas. Algumas até são de filmes de guerra, e são ainda mais viciantes! E sem fugir à regra, os efeitos sonoros também são bastante adequados com cada situação, e combinam bem. Até os efeitos sonoros do menu são viciantes! Nesse aspecto, você pode ter certeza, que o jogo não peca mesmo!


MENU PRINCIPAL

     Metal Slug X possui 5 opções no menu principal:
Arcade Mission: O jogo normal. Ele começará apenas em 1 player, mas a qualquer momento, o jogador 2 pode apertar Start para jogar também. Isso pode ser feito inclusive na tela de seleção de personagem.
Combat School: Um modo de tutorial totalmente desnecessário.
Art Gallery: O extra do jogo. Ele conta com fotos dos personagens, dos veículos, das armas e até o ensaio sensual da Fio, a personagem feminina.
Another Mission: Este modo é habilitado apenas depois de você fechar o jogo pela primeira vez. Ele é uma coletânea de minigames, todos muito divertidos, alguns com desafios ridiculamente difíceis.
Options: Onde você faz os ajustes do jogo. MAS PERA AÍ, NÃO VÁ PULAR PRO THE END, LEIA ISSO COM ATENÇÃO! Metal Slug X é um dos poucos games onde o menu options realmente serve para alguma coisa ÚTIL. Além dos tradicionais ajustes, como som Estéreo ou Mono, também tem ajustes extremamente importantes. Confira (LEIA TUDO, POR FAVOR):
Hero: Não sei para quê isso serve, se alguém descobrir, poste nos comentários.
Diff.: é o ajuste de dificuldade (Dificulty).
1P e 2P Key Config: Para configurar os comandos.
Vibration ON/OFF: Se você quer que o joystick vibre em determinadas circunstâncias, ou se você quer que ele não vibre.
Sound STEREO/MONO: Acho que não preciso dizer para quê isso serve.
Auto Save ON/OFF: ESTA OPÇÃO É MUITO IMPORTANTE! Ela determina se você quer que o jogo salve automaticamente, ou se você quer salvar manualmente cada vez que jogar.
Save/Load: É aqui o lugar onde você salva o jogo manualmente. Não recomendo usar, pois pode ser que alguma vez você se esqueça de salvar e perca algo importante. Por isso, recomendo você deixar o Auto Save em ON. Mas lebre-se de SALVAR AQUI depois que você deu ON no Auto Save, se não da próxima vez o Auto Save vai estar em OFF de novo (como aconteceu comigo, que coloquei Auto Save ON e esqueci de salvar manualmente depois). Não que você sempre precise salvar manualmente, não é isso, afinal, a configuração Auto Save é pra não salvar manualmente. Mas é que, quando colocamos Auto Save em ON (por padrão ele está em OFF), essa configuração ainda não foi salva, por isso precisamos salvá-la manualmente. Mas depois de feito, você não precisará salvar manualmente de novo.
Viu como foi bom ler o OPTIONS desta vez?


THE END
Prós: Vidas infinitas, variedade de tiros, gráficos espetaculares, efeitos em 3D magníficos.
Contras: Jogo curto.
Considerações finais: Sem dúvida, este jogo é um dos melhores que já passaram pelas tela de nossos(as) PCs/TVs. Se eu tivesse um Playstation 1, o primeiro jogo que eu EXIGIRIA em minha coleção, com certeza, iria ser este, e não o Crash. RECOMENDADO!

2 comentários:

  1. O review está bom mano, mas vale ressaltar algumas coisas:

    A inferioridade quanto à versão arcade.

    O game traz loadings terríveis! O som no arcade também é melhor. Porém a versão PS1 tem menos bugs...


    Gostei do review... Mas tem que rever a história também, porque o general foi também atacado pelos aliens e não se uniiu a ele.

    Esse na verdade é uma história baseada naquele filme do Will Smith, que os aliens invadem a terra... Uma sárira na verdade né!...

    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Hero E A CONTIDADE DE Continues :Se Vocé E Um novato REgomendo o Maximo ,Hero E Quando Vc morre e VC Pode Voutar no jogo sem ter q fazer tudo de novo

    ResponderExcluir

O Point Games Brasil é um lugar para troca de ideias! Eu dou as minhas por meio dos posts, e você, por meio dos comentários. Sua opinião é muito importante, mas tenha maturidade e responsabilidade para expressá-la. Comentários maldosos, com mimimi ou xingando todo mundo não serão permitidos, portanto não seja um troll. Faça sua parte para manter a internet um lugar saudável a todos. Promova discussões e debates, critique, elogie, opine! Mas sempre com educação e respeito.