domingo, 18 de outubro de 2009

Sonic The Hedgehog (Mega Drive)


     Sonic The Hedgehog foi o primeiro jogo da série de mesmo nome, que viria a fazer muito sucesso. Foi lançado em duas versões: uma para Mega Drive e uma para Master System e Game Gear. Abaixo, analisarei a versão do Mega Drive:

O JOGO
     Sonic The Hedgehog é, com certeza, um dos melhores games da série. O game trás muitas inovações em relação a outros games da época, a começar pelas fases. Elas são divididas em três subfases, denominadas atos. Para concluir os primeiros dois atos de cada fase, é necessário passar por uma placa com o rosto do vilão Robotnik, que está localizada no final da fase. Já para concluir o terceiro ato, é necessário derrotar um chefe, que é o próprio Robotnik, este que cada vez surge em uma máquina diferente.
     O enredo do jogo é bem simples: Sonic é um ouriço azul que corre na velocidade da luz. Ele mora na Ilha do Sul (South Island), um lugar que está sendo ameaçado pelo Dr. Robotnik, um cientista maluco que deseja robotizar os animais da ilha para formar um exército de robôs e dominar o mundo. Sonic deve deter o vilão o mais rápido possível para poder salvar a Ilha do Sul e o mundo dos planos malucos de Robotnik.
     Em sua aventura, Sonic contará com duas habilidades, o pulo, que serve para golpear os inimigos por qualquer direção (e não apenas de cima para baixo, como na maioria dos jogos de plataforma da época), e o giro supersônico, onde o Sonic dá uma espécie de cambalhota giratória, podendo também atingir os inimigos por qualquer direção.
     Ao longo de sua jornada, Sonic vai descobrir a existência das Esmeraldas do Caos, seis pedras místicas que, juntas, podem restaurar a destruição causada por Robotnik. Sonic então sai em uma jornada em busca de frustrar os planos do vilão, encontrar as Esmeraldas do Caos e salvar os animais da ilha.
     Para coletar as Esmeraldas do Caos, Sonic deve juntar 50 ou mais anéis durante os atos 1 e 2 de cada fase para que um anel gigante apareça logo acima da placa de conclusão de ato. Pulando nesse anel, Sonic irá para o estágio especial, que consiste em um túnel giratório, onde, em algum lugar, há uma Esmeralda do Caos protegida por pequenos diamantes quebráveis. Para concluir o estágio, Sonic precisa coletar a Esmeralda. Mas tome cuidado, pois, no estágio, há um tipo de esfera com a palavra “Goal” que, se o for tocada, expulsará o ouriço do estágio. São ao todo seis estágios, cada um para uma esmeralda. Somente coletando todas as esmeraldas, você vê o final verdadeiro do jogo.
     A vida do Sonic depende dos anéis que ele coleta durante as fases. Se o Sonic for atingido sem anéis, ele morre na hora. Mas, se for atingido enquanto possuir anéis, ele irá perder os anéis ao invés de perder a vida. Porém, ele perde todos os anéis de uma vez. O bom é que ainda dá para coletar alguns de volta.
     Durante as fases também há os postes de checkpoint, que servem para salvar seu progresso na fase. Se você morrer, irá iniciar a fase a partir do último checkpoint que tocou, em vez de começar a fase pelo início.
     Os itens do jogo são encontrados destruindo monitores espalhados pelas fases. Ao quebrar um monitor, Sonic adquire a habilidade que o mesmo fornece. Os itens são:
Monitor de anéis: Dá 10 anéis extras ao Sonic.
Monitor de sapato: Aumenta temporariamente a velocidade do Sonic.
Monitor com o rosto do Sonic: Dá 1 vida extra.
Monitor de esfera azul: Faz com que um escudo em forma de campo de força envolva o corpo do Sonic. Dessa forma, quando o Sonic for atingido, ele perderá apenas o escudo, e não os anéis ou a vida.
Monitor de brilho: Faz com que um brilho envolva temporariamente o corpo do Sonic. Este brilho protege Sonic de todos os ataques inimigos e permite que o ouriço destrua os inimigos apenas tocando neles. Lembre-se de que o brilho é temporário, ou seja, dura apenas alguns segundos.

THE END
Prós: Gráficos, músicas, jogabilidade, inovação.
Contras: Poucas fases.
Considerações finais: O primeiro jogo da série é espetacular, uma tacada certeira da Sega. Comente!

Um comentário:

  1. Olha só, não tinha visto que vc fez reviews de alguns jogos do Sonic do Mega Drive, legal. Vou arranjar um tempo pra ler todos, já tinha comentado que também sou muito fã do ouriço.
    Gostei bastante desse review do primeiro jogo, realmente tem bastante história por trás dessa primeira aventura, algo que eu ignorei completamente a primeira vez que joguei. Eu era bastante novo, e na época o que valia mesmo era o jogo em si. Por isso afirmo que vc tem muita razão quando diz sobre a inovação, gráficos e a jogabilidade são pontos fortes do jogo. A música também, claro, mas na época acho que não fui tão fisgado por ela (diferentemente de hoje em dia, que eu vira e mexe estou escutando).
    Discordo um pouco do lance do jogo ter poucas fases, mas é opinião minha. Na época não existiam muitos jogos "plataforma" que fossem longos, tudo bem que o Super Mario World mudou bastante esse cenário. Fora que o jogo não é lá muito fácil depois de chegar na Labyrinth Zone. Aliás, a dificuldade é bem progressiva mesmo e isso é outra coisa que gosto bastante dele. Enfim, pra época ele estava bom nesse quesito, mas os próximos poderiam ter mais fases. Vacilo forte da SEGA, que só me lembro de ter feito isso no Sonic Colors (tem ACT pra caramba nele). As únicas vantagens que eu vejo de não ter tantas fases são que o jogo deixa todos com o "gostinho de 'quero mais'" e também o jogo não fica tão massante pra jogar. Enfim, como disse, mera opinião.
    Pra finalizar, já que escrevi bastante: foi de fato "uma tacada certeira da SEGA". Não tenho dúvidas do quanto eles incomodaram a Nintendo com os jogos do ouriço.
    É isso aí, muito legal o review, vou separar os outros três para ler.
    Abraços

    ResponderExcluir

O Point Games Brasil é um lugar para troca de ideias! Eu dou as minhas por meio dos posts, e você, por meio dos comentários. Sua opinião é muito importante, mas tenha maturidade e responsabilidade para expressá-la. Comentários maldosos, com mimimi ou xingando todo mundo não serão permitidos, portanto não seja um troll. Faça sua parte para manter a internet um lugar saudável a todos. Promova discussões e debates, critique, elogie, opine! Mas sempre com educação e respeito.